• Júllian Pegoraro

Etarismo



Etarismo ou idadismo é a discriminação etária. Em outras palavras, é o preconceito com a idade.


Assim como outras formas de discriminação, o etarismo gera receios inconscientes e constantes não apenas em relação ao envelhecimento em si, mas também às dificuldades sociais que ele traz consigo.

Uma boa dica para aprender sobre o etarismo de maneira leve e fácil é com o seriado Grace and Frankie, que aborda a vida de duas mulheres divorciadas na faixa etária dos 70 anos. O seriado nos faz refletir sobre dificuldades cotidianas, desde sofrer para levantar do sofá até buscar um novo emprego. Além disso, há também a reflexão sobre a grande diferença de envelhecer sendo mulher ou homem, e o seriado apenas retrata a realidade.

Os aspectos sociais relacionados ao envelhecimento fazem com que o medo de envelhecer se torne cada vez mais intenso nas pessoas, principalmente nas mulheres. Isso justifica parcialmente a maior procura do público feminino pelos procedimentos estéticos.


O etarismo faz com que as pessoas não queiram que seu envelhecimento seja percebido por receio de receber julgamentos e condenações sociais.


Envelhecer é um processo natural, bonito e, acima de tudo, normal. Não devemos fugir disso. Cada pessoa sabe qual a sua melhor maneira de envelhecer. Algumas pessoas não querem ver sinais de envelhecimento no rosto. Outras, fazem questão de vê-los. O nosso papel social é respeitar as escolhas de cada um.


A Harmonização Orofacial é uma área que não somente intervém nos sinais da idade, mas também orienta, acompanha e organiza o envelhecimento da face para que você passe pelo seu processo de envelhecimento da maneira que achar mais adequada para você.

O melhor jeito de envelhecer é o jeito que você quer e que está ao seu alcance!




(CD Júllian Pegoraro - CRO/RS 22427)