• Júllian Pegoraro

Placa Estabilizadora para Tratamento de DTM



DTM é a sigla de Disfunção Temporomandibular, um problema de saúde relacionado à articulação temporomandibular: a famosa ATM.


Existem várias disfunções diferentes na ATM, que vão demandar tratamentos igualmente diferentes. Entretanto, um dos tratamentos mais conhecidos é o uso de placas oclusais.


Você já deve ter visto vários modelos de placas. Normalmente, elas são associadas ao bruxismo e são confeccionadas com o intuito de proteger os dentes de desgastes e fraturas. Mas você sabia que a "placa de bruxismo" não trata o bruxismo?

O bruxismo é uma resposta fisiológica do nosso organismo frente a um estímulo. Apertar os dentes é normal, mas esse apertamento não pode gerar efeitos negativos à saúde. Isso significa que se você está fazendo bruxismo e ele está gerando consequências, não é ele o vilão da história! Se o bruxismo é uma resposta, existe um fator de estímulo que precisa ser eliminado.


Esses fatores podem ser de origem variada: problemas na ATM, interferências na mordida, sobrecargas musculares, desordens neurológicas, questões emocionais, desequilíbrio hormonal, alimentação inadequada, entre muitos outros fatores.


Todo e qualquer tratamento deve iniciar pelo diagnóstico. Encontrar a fonte do problema possibilita um tratamento muito mais preciso e com um prognóstico melhor.


O uso de placas oclusais é sim um tratamento excelente e importantíssimo, mas deve ser realizado no contexto de um tratamento completo. Diferente do que muitos acreditam, o uso de placa oclusal é um tratamento transitório, ou seja, só será realizado por um período de tempo. A placa não é eterna!


Outra informação importante é que o tratamento com placa tem acompanhamento constante e múltiplos ajustes. Serão várias visitas ao dentista até que o quadro esteja estabilizado e pronto para as próximas etapas do tratamento.


Sem um diagnóstico e plano de tratamento completo, a placa oclusal se torna paliativa, sem resolver o problema do paciente. Por isso, quando você buscar um tratamento, escolha o profissional que olhe para o seu caso como um todo.


(CD Júllian Pegoraro - CRO/RS 22427)